Segunda-feira 18 de Dezembro de 2017
Breves
Inicio / Notícias Igreja / 783 missionários portugueses no mundo

783 missionários portugueses no mundo

O ano de 2009 tem 783 missionários portugueses espalhados pelo mundo.

A confirmação chega pelas Obras Missionárias Pontifícias que apresenta um relatório sobre a Missão Ad Gentes em 2009, em pleno Outubro dedicado às Missões.


Segundo o relatório enviado à Agência ECCLESIA, os missionários são na sua maioria mulheres – 439 mulheres e 284 homens.
África é o continente que mais recebe missionários. Ao todo encontram-se 355 missionários no continente africano – 165 homens e 190 mulheres. Dentro deste, Moçambique destaca-se: em 2009 acolheu 79 missionários e 81 missionárias.

Angola surge em segundo lugar como país de acolhimento – 39 homens e 69 mulheres.

No fundo da tabela africana encontra-se a Tanzânia que recebeu um missionário e o Burkina Faso, a Costa do Marfim, o Mali, Marrocos, Zâmbia com uma missionária respectivamente.

O continente americano é o segundo a receber mais missionários, num total de 64. O Brasil é o país eleito, com 50 no total, em 2009.

Já entre as missionárias, o segundo continente com maior acolhimento é a Europa, num total de 118. Itália está na linha da frente do acolhimento com 35 missionárias.

A Ásia é o continente que menos recebe missionários, sejam homens ou mulheres. Em 2009, este continente recebeu 26 missionários e 28 missionárias. Aqui destacam-se o Japão, Filipinas e Índia com práticas de acolhimento.

Leigos Ad gentes
Também entre os leigos, África é o continente de destino com maior número de voluntários missionários. Num total de 60, 48 leigos foram missionários em África.

Moçambique acolheu 28 leigos voluntários, logo seguido de Angola, com 10. São Tomé e Príncipe recebeu sete leigos, Cabo Verde dois e a República Centro Africana recebeu um.

A Ásia é o segundo país a acolher mais voluntários missionários. Timor acolheu cinco, Taiwan acolheu um voluntário tal como a Tailândia.

O continente sul americano surge em último apenas com cinco leigos a trabalhar no Brasil.

Fonte: www.ecclesia.pt

Verifique também

Incompatibilidade entre estilo de vida atual e a prática da caridade

O bispo do Algarve, D. Manuel Quintas, lamentou, este domingo, o estilo e a agitação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *